O papel social das lan houses

Lan house como sinônimo de casa de jogos ou entretenimento é coisa do passado. Quanto maior o número de brasileiros conectados, maior é a importância social das lan houses espalhadas pelo país.

Hoje, as lan houses concentram mais de 35% dos acessos à internet no Brasil, segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As lan houses estão no segundo lugar no ranking de locais de acesso, ultrapassando o local de trabalho, que antes ocupava a segunda posição. Leia o estudo completo, em PDF.

Ou seja, tem mais gente usando internet na lan house do que no trabalho.

Por isso, se você é dono de uma lan house ou pensa em abrir uma na sua cidade, não adianta pensar apenas no retorno do seu investimento em termos financeiros. Ajude a ensinar coisas novas a seus clientes, a promover uma melhor consciência digital. E em breve você será mentor (ou amigo) de novos empreendedores que poderão mudar a cara do Brasil.

E que deram os primeiros passos na sua lan house.

Anúncios

Cenário 3: Varejo

Uma LAN House do Futuro pode ajudar as micro e pequenas empresas em diversas atividades relacionadas a compra de serviços e produtos pela internet. Para isso, ela deverá ter um “certificado de segurança”, transmitindo desta forma a confiança que o empresário precisa ter para realizar transações pela web sem receio de que seus dados possam ser gravados e utilizados por terceiros.

Um dia na “LAN House do Futuro”:

Fábio é dono de uma pequena loja e, para fazer pesquisas e compras pela internet, utiliza os serviços de uma LAN House. Ele prefere ir nesta LAN House porque, além de oferecer muita segurança de acesso, possuindo inclusive uma certificação, ela ajuda a encontrar os melhores produtos e a fazer as compras. Inclusive, foi nesta LAN House que Fábio conheceu os leilões virtuais onde, além de encontrar produtos e serviços mais baratos, ainda aproveita os descontos proporcionados pelo convênio existente entre a LAN House e os site.

Dê sua opinião: