Como montar uma lan house educativa

Um dia, talvez as universidades se tornem redes coletivas de ensino. Bem antes disso, as lan houses podem preencher esse nicho de mercado de uma outra forma, gerando mais lucro para o empreendimento e mais credibilidade para o empreendedor.

O primeiro passo é deixar bem claro para o seu público que a sua lan house não é apenas uma casa de jogos, mas também um centro de lazer educativo. Em outras palavras: é importante fazer, mas também é importante divulgar.

Pense em cartazes improvisados pela parede, e-mails para os clientes mais assíduos e avisos impressos que você possa entregar aos clientes. Tenha em mente as seguintes variáveis para implementar na sua lan house:

  • Jogos educativos para idades variadas
  • Consultoria em informática educacional
  • Sites com cursos a distância (EAD – Educação a Distância)
  • Parcerias com escolas públicas e privadas

Veremos mais sobre cada uma delas em futuros posts.

Anúncios

SEBRAE lança projeto para Lan Houses

Desenvolvida em parceria com o Comitê para Democratização da Informática (CDI), iniciativa será apresentada na manhã desta quinta-feira (25), no Rio de Janeiro

Marcelo Araújo

Inclusão digital, promoção da gestão, divulgação do empreendedorismo e impactos na vida de comunidades do Brasil inteiro. Esses são alguns dos conceitos associados aos projeto Sebrae-CDI-Lan, que será lançado nesta quinta-feira (25), às 10h, na Fundição Progresso, no centro do Rio de Janeiro. Resultado de parceria entre o Sebrae e o Comitê para Democratização da Informática (CDI), o projeto terá entre suas ações um mapeamento das lan houses no país.

O gerente de Atendimento Individual do Sebrae, Enio Pinto, explica que a iniciativa se desenvolverá por três eixos. “Primeiro, faremos um mapeamento das lan houses, para saber onde elas estão e que necessidades apresentam”, explica o gerente.
Segundo o CDI, existem aproximadamente 110 mil lan houses no Brasil. Esse tipo de negócio atinge um público em torno de 30 milhões de pessoas. Apenas na região Nordeste, conforme dados do comitê, 70% das pessoas que navegam pela internet o fazem por meio das lan houses.

Enio Pinto conta que, em uma segunda etapa, a partir do levantamento, o Sebrae levará capacitações sobre gestão empresarial e formalização aos proprietários das lan houses. A terceira fase vai envolver inclusão digital das comunidades onde os empreendimentos se localizam. “Isso será importante até para que muitas pessoas possam ter acesso às nossas soluções digitais, como o Desafio Sebrae e a Educação a Distância”, diz Enio.

Programas educativos

A coordenadora nacional do projeto pelo Sebrae, Márcia Matos, revela que o programa acontecerá, em um primeiro momento, em caráter piloto por quatro meses em três cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, onde será lançado no dia 30 de março, e Marabá (PA) – a partir de 6 de abril.

“Este primeiro momento será de adequações. Depois, por mais quatro meses, o projeto estará aberto a cidades que queiram participar. Esta será uma fase de refinamento das ações”, diz Márcia Matos. A terceira e última etapa de implementação do projeto prevê que ele se estenda pelo Brasil inteiro.
Bernardo Faria, gestor do projeto pelo CDI, aponta que a iniciativa pode causar um grande impacto na vida de milhões de pessoas por conta da inclusão digital. “Esses empreendimentos também têm condições de se tornar centros de capacitação, para programas educativos de instituições como o Sebrae e órgãos de governo”, diz Faria.

Estudo empresarial

No final de 2009, o Sebrae realizou um estudo de atividade empresarial, abrangendo 35 lan houses de três estados – Paraná, Sergipe e Mato Grosso do Sul. O objetivo foi conhecer as características e as peculiaridades do negócio, os parâmetros de como são utilizados os recursos existentes e a sua operacionalização. O documento serve de referência para as ações no projeto Sebrae-CDI-Lan.

Para troca de informações sobre o projeto, o Sebrae colocou em sua blogosfera, o Mundo Sebrae, um endereço destinado ao projeto das lan houses, que pode ser acessado pelo endereço http//lanhousedofuturo.wordpress.com.

Serviço:

Agência Sebrae de Notícias – 2107-9110 e 2107-9104
www.agenciasebrae.com.br

Veja também:

1) http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI128782-17180,00.html

2) http://www.cdi.org.br/events/lancamento-projeto-1

3) http://areteeducar.blogspot.com/2010/03/sebrae-e-cdi-lan-lancam-projeto.html

4) http://www.donosdelanhouse.com.br/sebrae-cdi-lan/

Jogos também educam

Muita gente usa lan house apenas para jogar no computador. Na opinião de muitos, apenas perda de tempo, embora o assunto seja pra lá de controverso e polêmico. Veja algumas análises de psicólogos e especialistas nesta reportagem sobre o assunto. Para a designer e artista gráfica Julia Stateri, por exemplo, os games também pode ter responsabilidade social.

E na sua lan house, que tal oferecer jogos educativos? Você poderá atrair tipos bem distintos de público, além de melhorar bastante seu poder de argumentação com pais e familiares – desde que o acesso das crianças seja realmente educativo, é claro.

O papel social das lan houses

Lan house como sinônimo de casa de jogos ou entretenimento é coisa do passado. Quanto maior o número de brasileiros conectados, maior é a importância social das lan houses espalhadas pelo país.

Hoje, as lan houses concentram mais de 35% dos acessos à internet no Brasil, segundo a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As lan houses estão no segundo lugar no ranking de locais de acesso, ultrapassando o local de trabalho, que antes ocupava a segunda posição. Leia o estudo completo, em PDF.

Ou seja, tem mais gente usando internet na lan house do que no trabalho.

Por isso, se você é dono de uma lan house ou pensa em abrir uma na sua cidade, não adianta pensar apenas no retorno do seu investimento em termos financeiros. Ajude a ensinar coisas novas a seus clientes, a promover uma melhor consciência digital. E em breve você será mentor (ou amigo) de novos empreendedores que poderão mudar a cara do Brasil.

E que deram os primeiros passos na sua lan house.